Liderança Pessoal

Respire e mude o seu mundo

Respire
Respire.
A respiração pode transformar a sua vida.
Se se sentir stressado ou confuso, respire. Irá acalmar-se e libertar tensão acumulada.
Se se preocupa com algo que ainda está para acontecer ou que já aconteceu, respire. Irá ajudá-lo a focar-se no momento presente.
Se se sentir desiludido, respire. Vai fazê-lo relembrar que a vida é algo precioso que deve apreciar.
Se está demasiado ocupado com o seu trabalho, respire. Irá ajudá-lo a focar-se na tarefa mais importante que tem de realizar nesse momento.
Se está na companhia de alguém que ama, respire. Terá assim a oportunidade de estar presente com ela em vez de estar a pensar no trabalho que têm de fazer mais tarde.
Se estiver a fazer exercício físico, respire. Irá ajudá-lo a apreciar a actividade que está a fazer e prolongar o tempo que a faz.
Se andar com muita presa no seu dia a dia, respire. Vai relembra-lo que a vida pode ser vivida e a um ritmo diferente.
Portanto já sabe respire e aproveite cada momento.

Apenas Respira

 

 

Estou a descobrir cada vez mais o poder da minha respiração. A respiração não beneficia apenas todo o meu sistema fisiológico mas também acalma-me nos momentos mais tensos. Quando estou stressado, respiro. Quando me sinto chateado comigo mesmo, respiro. Quando começo a ficar impaciente,mais e mais tento estar consciente da minha respiração. A respiração também me ajuda a centrar-me, a relaxar e a pensar antes de falar. Ajuda-me a aceder à minha intuição e a viver no momento. Respirar fundo durante o dia leva-me a apreciar e a valorizar o que está a acontecer ao meu redor.
A respiração é o meu amigo do peito!

Comunicação Não-Violenta ou Autêntica

comunicação autêntica famíliasA Comunicação Não-Violenta ou Autêntica é um modelo dinâmico de comunicação criado por Marshall B. Rosenberg sendo inspirado por pensadores como M. Gandhi e M. Luther King. É uma maneira de falar que é assertiva e empática ao mesmo tempo. É uma forma de compreender o que se está a passar connosco antes de agir, para que sejamos capazes de exprimir o que necessitamos clara e eficazmente. É também uma forma de compreender o que se passa com os outros e reconhecer a sua situação.

A Comunicação Não-Violenta torna mais provável que os outros nos ouçam e compreendam sem se sentirem atacados. Será então possível obter mais facilmente e menos penosamente aquilo de que precisamos, ao mesmo tempo que mantemos uma boa relação com os outros.

A Comunicação Compassiva pode ser utilizada formalmente na mediação e resolução de conflitos e mais informalmente em todas as situações da vida quotidiana. Pode ser usada em qualquer relação – na família, entre pais e filhos, entre irmãos, entre casais, no trabalho, entre gerentes e funcionários, na escola, entre professores e alunos, com o público em geral, até mesmo com estranhos.

A Comunicação Não-Violenta pode ser útil em qualquer situação onde existam problemas ou conflitos e pode contribuir para encontrar soluções benéficas para todos.

Veja este vídeo para se inspirar!

O que é Mindfulness (Atenção Plena)?

Amo esta prática de vida e acredito profundamente que viver de forma “mindful”, aceitando a nossa realidade tal como ela se apresenta, nos pode trazer (e traz) uma enorme contentamento e paz interior. Viver de forma atenta e consciente momento a momento é fantástico. Desde que tomei contacto com o conceito de Mindfulness que o tenho aplicado sempre que estou consciente disso. É uma ferramenta poderosa para lidar com stress, frustração e raiva. Como tudo na vida tem de ser praticado e exige também um compromisso sério.

O que é Mindfulness?

Mindfulness ou Atenção Plena é um estado de atenção do momento presente em que cada sensação física, emoção ou pensamento que surge no campo da atenção é observado sem julgamento e aceite como tal.
Atenção = estar atento/consciente na experiência em si.
Momento presente = no aqui e agora
Observar = observando como se fossêmos um expectador
Isento de julgamento = não categorizar de bom ou mau
Aceitar = aceitando a experiência interna com suavidade

Tenho a tendência de fazer várias actividades ao mesmo tempo e isso por mais que me custe a aceitar deixa-me stressado e frustrado. É curioso que esta prática é simples na sua definição mas por outro lado apresenta-nos grandes desafios na sua pratica diária. Mesmo numa actividade tão simples como tomar o pequeno almoço. Quando estamos a comer será que estamos a comer ou a pensar noutra coisa. E com as pessoas com quem nos relacionamos? Estás a ouvir ou a pensar no que vamos fazer a seguir?

Como Despertar o Teu Propósito de Vida?


Por Allan Sousa

Pessoalmente acredito que a vida pode ser vivida a 3 níveis: ao nível da sobrevivência, ao nível do sucesso e ao nível da vida com significado. Hoje queria escrever umas breves palavras sobre este último nível – viver com significado, ou seja, com um propósito maior.

Havia essencialmente duas perguntas que muitas vezes surgiam no meu pensamento: “O que quero fazer com a minha Vida?” e “Como posso contribuir para algo ou alguém?” Esta foi durante muitos anos uma pergunta que não tinha resposta que me fizesse sentir cheio de Energia. Será que percebem o que quero dizer?. Muitos são os que não conseguem responder às perguntas que referi anteriormente. Foi o que me aconteceu até há cerca de 3 anos atrás..

Gostava de partilhar contigo, algumas formas para despertares o teu propósito de vida. E lembra-te que descobrir o teu propósito de vida não tem de ser um bicho de 7 cabeças.

1. Ouve a tua voz interior. É preciso prática para ouvirmos os nossos desejos mais profundos. A nossa paixão encontra-se muitas vezes no nosso interior e se tivermos com atenção ela pergunta-nos em tom muito baixinho: “Lembraste do que é importante para ti? Sabes o que te faz verdadeiramente feliz? Considero fundamental voltarmos a reaprender a tomar atenção à nossa intuição – voz interior.
Sugestão: vai fazer uma caminhada na natureza sozinho e diz-me qual foi a tua experiência.

2. Decide que tipo de pessoa queres ser. Em vez de te focares no que queres fazer, concentra-te no tipo de pessoa que queres ser. Deixa que isso te guia nas tuas decisões.

A vida não se limita ao que podes ter mas sim ao que podes dar. Alguém perguntou sabiamente: “Que tipo de pessoa queres ser? Quando souberes quem queres ser, constrói a visão da vida que queres desenvolver para ti e para os outros.

3. Traz o coração naquilo que fazes. É necessário coragem para descobrires uma profissão que ames. Passar tempo a descobri-la é tempo que me parece muito bem gasto, pois pode fazer a diferença na tua vida e fazer-te reganhar energia e motivação.

4. Não te sintas arrependido. Se ainda não te sentes preparado para descobrir o teu propósito de vida, não te sintas culpado. Age hoje e agarra a vida com toda a força. Hoje é o tempo certo.

5. Dá o primeiro passo. O destino da tua vida não te vai ajudar, até ao momento que decidas saltar para fora da zona de conforto. Prepara-te para mudanças na tua vida e começa a tomar acção agora.

Mencionei algumas formas de despertar a descoberta da teu propósito de vida. Essencialmente para viveres desta maneira tens em primeiro lugar de saber o que realmente gostas de fazer. Quando procurares viver segundo as tuas paixões, verás que as portas se abrem e os recursos surgem como por magia.

Eis algumas perguntas que podes colocar a ti próprio:

– O que é que gosto de fazer nos meus tempos livres?
– Quais as tarefas que costumo fazer e para as quais me considero e/ou me consideram um especialista?
– O que consigo fazer durante horas , ficando com a sensação de que o tempo passou rapidamente?
– O que farias caso não precisasses de dinheiro?

Responde com toda a honestidade e sem preconceitos. Não te esqueças que o que está em jogo é a tua felicidade e não o que os outros possam pensar de ti. Se quiseres partilhar algo relativamente a este artigo será um prazer ler o teu comentário.

 

Não há mais desculpas!


Todos nós temos as nossas desculpas para não fazermos aquilo que sonhamos fazer. “Sou demasiado velho; muito gordo; tenho pouca experiência; não tenho educação; sou casado; sou solteiro; não consigo; se tivesse dinheiro; a economia está má; já é tarde demais; etc. A pianista chinesa Zheng Guigui de 19 anos não tinha nenhuma desculpa quando ela decidiu tocar piano há 3 anos atrás. O facto de ela não ter dedos na mão direita não foi motivo suficiente para ela não conseguir atingir o seu desejo.

Depois de ver este video inspirador, não vai ter mais desculpas para começar já a fazer aquilo que sabe que tem de fazer para se sentir realizado.

Qual é a sua desculpa?
Quais são as teclas do seu piano que o fazem vibrar?

Hoje, o que Mudavas na Tua Vida?

Tempo de mudares os teus conceitos, as tuas crenças limitadoras, limpares a tua mente, purificares a tua alma, perdoares, sentir-te livre, viveres uma vida nova! Mas nada disto é um trabalho mental, tudo começa pelo teu coração. Abre as tuas janelas, deixa o sol entrar, ilumina todos as tuas esquinas escondidas e começa a viver uma vida autêntica que tanto desejas ter. De uma forma muito simples, podíamos dizer: Lidera a tua Vida!

O ZenHeart Coaching existe com esta intenção. Um dos nossos objectivos é de ajudar pessoas a reduzirem as razões para não estarem arrependidas daquilo que desejam muito realizar e que não tiveram ainda a coragem de o fazer. Ou de terem tomado decisões na sua vida que não estavam alinhadas com a sua verdade interior.

Eis aqui alguns arrependimentos comuns que todos nós desejaríamos não ter nas nossas vidas:

1. Eu gostava de ter tido a coragem de ter vivido uma vida fiel a mim mesmo e não em função do que os outros esperam de mim.

2. Eu gostava de não ter trabalhado tanto.

3. Eu gostava de ter expresso os meus sentimentos de forma mais clara.

4. Eu gostava de ter tido mais tempo para os meus amigos.

5. Eu gostava de ter sido mais feliz.

A escolha é sempre tua. O que mudarias de forma a sentir menos arrependimento? O que vais mudar hoje para construires o amanhã que tanto desejas?

Aproveita a promoção especial de sessões de coaching pessoal válida até ao dia 15 de Setembro de 2011. Para saberes mais clica aqui.